Relatos do que aconteceu a cada dia, escritos por quem lá está.


Junta-te a nós: este é o momento! Faz a mala e aparece.
Descobre aqui onde vamos estar nos próximos dias.
Junta-te dia 16 à Marcha pela Justiça Climática em Lisboa.


O dia 12 de Abril, terça-feira, 11° desta grande caravana pela justiça climática começou com o pequeno-almoço, a assembleia matinal e os apetecidos exercícios de aquecimento.

Saímos de Sobral Fernando com a magnífica paisagem do rio Ocresa e suas verdes montanhas. Com chuva que variou de intensa a leve rumámos à Fábrica Tissue Navigator. Perto desta fábrica pudemos constatar o cheiro nauseabundo da área.

Em seguida passámos pela fábrica Celtejo. Foi uma caminhada cada vez mais rápida com o objetivo de chegar a tempo do comboio em Vila Velha de Ródão.

Antes de apanhar o comboio nesta localidade juntaram-se à caravana novas pessoas e organizações. Fomos de comboio até Mouriscas e fomos recebidos pelo responsável pelo projeto Colinas do Tejo. Instalamo-nos no espaço e participámos na ciranda “Tratado da carta da energia, crise climática e falsas soluções”. Nela houve várias intervenções e um interessante debate onde participaram várias pessoas e organizações, como a Plataforma Troca, Movimento Ibérico Anti-nuclear, Movimento Urânio em Nisa! Não, Casa do Povo Puerto Rico.

Assiste à Ciranda Tratado da carta da energia, crise climática e falsas soluções: Parte 1 e Parte 2

Transmissão de PTRevolutionTV

Jantámos e realizámos uma assembleia para preparação do dia seguinte.

Leave a Reply

Your email address will not be published.