A Caravana pela Justiça Climática também está na Madeira!
Dia 16 e Abril às 11h00, nas Ginjas São Vicente, Madeira

Com o propósito de criar um momento de conexão com a nossa Mãe Terra a floresta Laurissilva, e a tomada de consciência, que este património natural único, está ameaçado com a pavimentação do caminho das Ginjas.
Enquadrando esta caminhada com a #caravana pela justiça climática, que tem local no território nacional e que está a decorrer de 2 a 16 de Abril.
Protegido por leis e convenções internacionais, e classificado como Rede Natura 2000, Património Mundial Natural da UNESCO e Parque Natural da Madeira. Encerra um enorme conjunto de espécies da fauna e da flora endémicas da Madeira e da Macaronésia, muitas delas ameaçadas. Esta floresta produz também uma série de serviços de ecossistema fundamentais para a ilha da Madeira e para os seus habitantes, entre os quais se destaca a manutenção do equilíbrio do ciclo hidrológico da ilha, influenciando na disponibilidade e qualidade da água, na contenção de enchentes e na proteção do solo. Acima de tudo, é um património que valoriza o território e a imagem da região, e que todos os madeirenses e visitantes devem respeitar e proteger.


A nossa caminhada pela preservação do património natural da nossa Laurissilva foi hoje. Despertou interesse de vários quadrantes da sociedade, inclusive de quem queria que a obra de alcatroamento no parque natural fosse feito. A nossa caminhada foi feita de uma forma consciente, com meditação e piquenique.

Leave a Reply

Your email address will not be published.