Relatos do que aconteceu a cada dia, escritos por quem lá está.


Entre 2 a 16 de Abril fomos mais de 120 pessoas a participar na Caravana pela Justiça Climática!
Descobre o que aconteceu nos restantes dias no Diário de Bordo.


No último dia da Caravana pela Justiça Climática, tivemos durante a manhã no centro de produção de Alhandra da CIMPOR onde realizamos o último “Devia Haver Aqui”.

Comemos o último almoço feito pelo nosso cozinheiro incrível (e todas as pessoas que incansavelmente ajudaram)!

de @carlos.m.alvares

Em paralelo, na Madeira

realizou-se uma caminhada pela preservação do património natural da Laurissilva nas nas Ginjas São Vicente. Esta despertou interesse de vários quadrantes da sociedade, inclusive de quem queria que a obra de alcatroamento no parque natural fosse feito. A caminhada foi feita de uma forma consciente, com meditação e piquenique.


Partimos rumo a Lisboa, para nos juntarmos à Grande Manifestação pela Justiça Climática, no Jardim do Passeio Heróis do Mar, Parque das Nações.

Algumas pessoas foram de bicicleta e juntaram-se a nós no Jardim das Ondas.

Acompanha a viagem de bicicleta neste vídeo!

Transmissão da E-Conversas

Já no Jardim das ondas, todas juntas, realizamos a última ciranda “como vamos travar o colapso climático”. Aqui foram apresentados os próximos passos do movimento pela justiça climática.

Assiste à Marcha, ciranda AQUI e a música AQUI

Transmissão de PTRevolutionTV

Entre abraços, partilhas e música despedimo-nos, sabendo que apesar de cansadas regressamos a casa mais unidas e preparadas para continuar a luta!

de @carlos.m.alvares

Há muito para fazer neste ano marcado pela seca e que ameaça novas ondas de incêndios. Estamos mais fortes e prontas para travar a crise climática e construir uma sociedade que coloque a vida no centro.

Leave a Reply

Your email address will not be published.